domingo, 6 de maio de 2007

Aos deputados estaduais - contribuições começam a chegar


Se no Estado faltam (dados do sindicato dos professores) uma média de 7000 professores, por que nossos alunos estão fora das salas de aula e váriosprofessores concursados na fila e vários recem formados à espera de umaoportunidade? Por que o Estado do Rio de Janeiro paga um salario tão insignificante comparado a outros municipios do Rio de Janeiro, existealgum projeto de aumento para os professores do Estado? Desde já agradeço!Fabiana


Quais as medidas que a casa irá tomar para essa decisão da justiça?, queter gratuidade para estudantes é inconstitucional,pois os muitos alunos nãotem como financiar a passagem para a escola. Se essa decisão for a frente muitos alunos largaram os estudos. Desde já agradeço! Fabiana


Voltando ao assunto transportes maritimos, Como a Baia de Hong Kong que é menor do que a Baia de Guanabara tem mais de cem empresas explorando- aenquanto no Rio de Janeiro só existe o monopolio das Barcas S/A e a jáfalida Transtur? Por que nao abre licitação para outras empresas?, Por que os moradores de Paquetá são obrigados a utilizar barcas em pessimascondições,onde o poder publico nao incomoda em nenhum momento os donosdessa empresa?. Desde já agradeço e aguardo ansiosamente a resposta.Fabiana

7 comentários:

Marco Aurélio disse...

Pedro Fernandes responde assim:

"Fabiana,

Recebi seu questionamento, e encaminharei a questão ao órgão
competente. Desde já, garanto que me esforçarei por continuar merecedor
de sua admiração.

Deputado Pedro Fernandes"

Marco Aurélio disse...

Luiz Paulo assim:

"Cara Fabiana,

Sou a favor de conceder um número determinado de gratuidades no transporte
coletivo para estudantes de escolas públicas desde que o Governo do Estado
aponte a fonte de recursos que financiarão esses subsidios.
Quando exerci o cargo de Secretário de Transportes quando da implantação da
Bilhetagem Eletrônica, regulamentei a questão da gratuidade para estudantes
no uso dos ônibus municipais.

Luiz Paulo"

Marco Aurélio disse...

Pedro Augusto assim:

"Fabiana,
Com certeza a maioria dos deputados da Alerj reivindicará a reparação desta
injustiça. O passe livre é um instrumento legítimo dos estudantes, que se
Deus quiser, não deixarão de ter este benefício. Estamos juntos nesta luta.
Abraços,
Deputado Pedro Augusto"

Marco Aurélio disse...

Zito respondeu:

"Fabiana,
Foi um Projeto elaborado por esta Casa Legislativa, e será intensa nossa batalha para sua continuidade.
Abraços,
Zito"

Marco Aurélio disse...

"Alessandro Molon" escreveu:

Cara Fabiana, a decisão da justiça diz respeito ao passe livre municipal da Cidade do Rio de Janeiro. A ALERJ não tem como interferir no caso, pois feriria a autonomia do município. Só podemos deliberar sobre o passe livre intermunicipal, que se encontra em vigor e regulamentado pela Lei estadual 4.510. Neste caso quem deve se manifestar é a Câmara dos Vereadores ou o Prefeito Cesar Maia. Pelas informações que temos isso já foi feito através de interposição de recursos junto ao TJ e ao STF. De qualquer forma nos solidarizamos com todos os usuários da gratuidade, pois este é um direito e é inadimissível sua interrupção. Quem causou este problema foram as empresas de ônibus, que questionam na justiça a obrigação da prefeitura apontar a fonte de custeio do benefício. Por outro lado a prefeitura afirma que a fonte de custeio é a própria tarifa, que teria imbutido percentual para custear as gratuidades. Gratos pelo contato colocamo-nos à disposição para quaisquer outros auxílios que estiverem ao nosso alcance. Grande abraço. A Assessoria

Marco Aurélio disse...

Rodrigo Dantas assim:

"Prezada Fabiana,

Você tem toda a razão, sua reclamação foi anota e, embora abrir novas
licitações seja competência do Poder Executivo, vamos levar sua idéia
adiante para tentar, talvez junto com esse mesmo Poder Executivo, melhorar
os serviços desse tesouro que é a nossa Baía de Guanabara. Aproveito para
deixar meu gabinete aberto para novas sugestões ou reclamações.

Grande Abraço,

Rodrigo Dantas"

Marco Aurélio disse...

Pedro Fernandes assim:

Fabiana,

Recebi seu questionamento e encaminharei a questão ao órgão
competente. Desde já, garanto que me esforçarei por continuar merecedor
de sua admiração.

Deputado Pedro Fernandes